Normas de segurança

10 nov

A maneira mais segura de se evitar um “caso” é fugir da tentação assim que ela chegar. O escritor Jerry Jenkins certa vez se referiu a determinação de reservar a pureza moral como a “construção de cercas” em volta do casamento, para que a tentação jamais tenha um ponto em que posso entrar. Desse modo, cada um dos conjuges aumenta sua proteção pessoal e eleva o nivel de confiança de seu relacionamento.

Para isso, marido e esposa devem conversar sobre as interações de cada um com membros do sexo oposto e depois estabelecer linhas de condutas sensatas. Alguns casais excluem almoço e viagem de trabalho, conversas a sós, caronas ao trabalho… Combinem o que voces dois considerarem razoável, e depois, cumpram o acordo.

Se encontrarem uma situação imprevista, conversem com o outro antes de agir e, se o outro não se sentir confortável com a situação, não faça. Ouçam as preocupações um do outro. O Senhor fez de vocês uma só carne, por um bom motivo.

A principio pode ser estranho pedir permissão para participar de atividades que provavelmente são inocentes. Mas logo vocês descobrirão como é maravilhoso e como tráz segurança quando a situação se inverte e o outro é que faz a consulta.

Para pensarmos juntos:

Você se sente incomodado com alguma atitude que tenho com o sexo oposto?

Temos orado suficiente pedindo a Deus para nos proteger de tentação?

O que Proverbios 6:28 significa para você?

Texto de James e Shirley Dobson

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: