Raclette

Eu e o Luizinho recebemos alguns amigos para jantar em casa e fizemos uma raclette. Pra quem ainda não conhece, o raclette é um tipo de queijo, mas “a raclette” é um prato típico suíço, à base do queijo homônimo.

Eu conheci este prato há muitos anos atrás (não vou dizer quando para não revelar a minha idade), após meu pai ter trazido da Europa uma racleteira e ter feito a receita que ele e minha mãe haviam experimentado na França.

Com o tempo, meu pai foi dando seu toque pessoal a raclette, acrescentando outros queijos e ingredientes. Foi assim, que eu aprendi a fazer.

 Quando eu me casei, na troca dos presentes de casamento, acabei adquirindo a minha própria racleteira, que não é tão chique como a dos meus pais, mas eu gosto tanto que desde então já preparei várias vezes esta receita para receber nossos amigos.

Na realidade a raclette não é propriamente uma receita, mas sim um jeito especial de comer queijo aquecido e raspado sobre os pratos dos comensais. O termo deriva do francês racler, que significa raspar. Os europeus comiam o queijo derretido sobre batatas ou pães.

O queijo é a estrela da raclette, por isso é bom caprichar.

Vale usar variados tipos de queijo: raclette, cammerbert, queijo de cabra, brie, gorgonzola, cantal, gruyére, emmental, maasdam, estepe, gouda, mussarela e até queijo minas tipo padrão, mas lembre-se: dê sempre preferência aos queijos que derretem bem.

Tradicionalmente os acompanhamentos da raclette são batata, pickles e alguns tipos de frios mais gordurosos (presunto cru, lombo defumado, salame, copa, etc).

Pra começar você precisará de uma racleteira. Não é dificil achar a racleteira pra comprar, existem vários modelos, alguns  até  possuem uma chapa ou uma pedra para grelhar os frios.

Minha racleteira
Acompanhamentos distribuídos sobre a mesa

Cubra as batatas com papel aluminio  para a temperatura se conservar melhor.

Os queijos e  os frios ficam distribuídos por toda a mesa, assim os convidados terão facilidade para preparar o prato.

Separe  um prato para cada convidado montar sua raclette.

As pás da racleteira são anti-aderentes por isso você precisa utilizar, além do garfo e faca, uma espátula de madeira que servirá para raspar o queijo.

Espátula para retirar o queijo derretido

Se você não encontrar o queijo raclette, não hesite em fazer outras combinações. Pessoalmente acho que quanto mais queijo, melhor a raclette.

Estes foram os queijos que eu usei

Outra dica bastante útil é dispor de talheres próprios para cortar os queijos. Se você não os tiver, use facas de cortes diferentes, porque alguns queijos são mais moles e outros mais consistentes.

Facas especiais para cada tipo de queijo

Eu servi um patê de tomate seco (que eu mesma preparei) e algumas torradinhas, assim os convidados puderam beliscar enquanto esperavam o queijo derreter. Deixei a disposição de todos manteiga, sal e pimenta.

Patê de Tomate Seco, requeijão, manteiga e etc
Torradas de parmesão e palitos de gergelim.
Frios e mussarela de búfala com tomate seco.
Tomatinhos, uvas, berinjela, azeitonas...use a criatividade!!!

Em matéria de acompanhamento dá sempre pra inovar: você pode usar tomate seco, cogumelos, berinjela, alcachofras, uvas, azeitonas…o legal é usar a criatividade.

Raclette e amigos: combinação perfeita!

Gostou?!

Agora, faça na sua casa, convide seus amigos e depois me conte se fez sucesso.

Lari Carvalho

Anúncios

7 comentários em “Raclette

  1. Realmente a Raclette estava uma delícia, e a companhia dos amigos então, melhor ainda. Ninguém prepara uma raclette tão bem como a Larissa, e isso da pra ver nas fotos . É uma pena que o frio no Brazil dure tão pouco…

  2. Amei este post… rs Sem dúvida nenhuma, são as melhores dicas para uma raclete perfeita… O jantar foi incrível! A raclete não poderia ter sido melhor apresentada. Aliás, já estou procurando a minha… Comentei com alguns amigos e todos estão adorando a ideia.
    Espero em breve recebê-los tão bem quanto nos receberam…

    Aliás, visito o blog sempre e adoro!

    Beijo grande,

    Flávia.

    1. Flávia,

      Foi super legal receber vocês em casa. Com certeza outros jantares e eventos acontecerão…é só agendar! Aliás, estamos na torcida pra logo logo vocês nos receberem na casa nova! Vamos botar pressão no noivo e no engenheiro pra obra acabar logo…assim teremos casório a vista! rsrsrs
      Beijos, Lari

  3. Que jantar mais chique Lari e Luizinho!!! Estão de parabéns!!! 🙂
    Tudo no capricho! Muito lindo!!!
    Eu nunca comi raclette mas após esse post estou com mais vontade ainda de experimentar…
    beijos,
    Julia

  4. Lindo post Larissa!
    Vc e o Luizinho são excelentes anfitriões. Com tão pouco tempo de casados e já recebem de uma forma muito especial e carinhosa que me deixou super à vontade como convidada. O jantar japonês q vc me ofereceu estava maravilhosos, mas agora, vendo as fotos da raclette babei….rsrsrsrs.
    Parabéns, vcs me enchem de orgulho! Bj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s