Ajustando as Contas

Antes de casar sonhamos com o nosso futuro lar e projetamos em nossas mentes cada detalhe de como será a vida depois do altar. 

Na imaginação dos noivos circunda a visão da casa, dos filhos, dos almoços de família, dos passeios juntos… 

A realidade, no entanto, é que quando a vida de casado começa “pra valer” cada sonho vem revestido de detahes que muitas vezes não foram previstos: a casa gera as mil despesas para ser mantida, os filhos precisam constantemente de cuidados que demandam gastos financeiros, os almoços de família vem precedidos da visitinha ao supermercado, e ali os preços dos alimentos são sempre mais altos do que o esperado, quanto aos passeios juntos….bem…estes muitas vezes são adiados por causa de um orçamento apertado. 

Como então conciliar o sonho e a realidade? Como realizar os projetos da família quando a pilha de contas a pagar parece aumentar a cada dia?  

A palavra de ordem é PLANEJAMENTO. Os sonhos do casal podem sim ser viabilizados se houver planejamento! 

Para isso seguem algumas dicas simples de como planejar o orçamento familiar e melhorar a administração financeira do casal: 

1-“Gaste menos do que você ganha”.  

Esta primeira dica é tão obvia que parece desnecessária, mas na prática é o segredo de finanças saudáveis. Se você gasta mais do que recebe uma boa forma de equilibrar as finanças é cortar os gastos supérfluos ou controlar melhor o uso do cartão de crédito. 

2-“Controle o seu dinheiro, não deixe que ele controle você” .

Faça uma planilha com o seu orçamento financeiro mensal, liste todos os seus ganhos e seus gastos e reserve um tempo na sua agenda para se organizar financeiramente.

3-“Conheça seus gastos”. 

Liste todas as despesas fixas, como aluguel ou financiamento da casa, condomínio, gastos com o carro e mensalidades escolares, e não esqueça também dos gastos periódicos ou esporádicos, como presentes, IPVA, seguro e licenciamento do carro. O ideal é dividir esses custos ao longo dos 12 meses do ano, assim você consegue reservar sempre um dinheiro e fazer novos gastos. 

4- “Consuma de maneira consciente”. 

Cada vez mais cresce a consciência social da sustentabilidade. Esta atitude de vida faz bem para o planeta e para o seu bolso. Modere o consumo na sua casa – diminua o tempo dos banhos, ensaboe a louça com a torneira desligada, apague a luz dos cômodos nos quais não há ninguém, estas são algumas medidas de sustentabilidade que ajudam a economizar recursos naturais do planeta e financeiros da sua família.

5-Traçe metas e objetivos e inclua toda a familia”. 

Nada melhor para guardar dinheiro do que traçar um objetivo a ser alcançado. Que tal estipular uma meta de fazer uma viagem de férias, trocar o carro, reformar ou comprar a casa? O ideal nestes casos é incluir toda a família no projeto. Assim, todos contribuem economizando, para depois de alcançado o objetivo, desfrutarem juntos do sucesso da empreitada.

 

 

Planejem juntos para alcançarem a realização dos sonhos!

 

Por: Larissa Carvalho

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s